Anonymous derrubamos site do governo da Bahia

Anonymous atacam bancos ao redor do mundo e derrubam site grego em protesto contra o FMI
6 de fevereiro de 2012
O coletivo hacker Anonymous afirma ter liberado o código-fonte do pcAnywhere
7 de fevereiro de 2012

Anonymous derrubamos site do governo da Bahia

Anonymous Brasil

Deixaramos as instituições financeiras e partiram para os governos. O site do governo da Bahia, que vive uma greve da Polícia Militar, foi atacado e ficou fora do ar.

O site  Prodeb-Tecnologia, Informação e Segurança foi atacado esta noite de segunda feira, e ainda esta fora do ar.

A Prodeb, informa que a indisponibilidade, foi causada por falta de energia, porém sabemos da verdade:

Prodeb não diga que foi falta de energia, é feio mentir. Assuma o Tango e caia na dança! BA – TANGO DOWN!

Na mensagem que colocaram no twitter, fazendo mais uma vez, uma campanha contra a corrupção. – Veja aqui a mensagem do twitter.

O Governo da Bahia assume que há problemas na Internet, mas não admite que houve um ataque. Na semana passada, causamos instabilidades no internet banking dos bancos Itaú, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC e outros. Os ataques aconteceram a partir do uso da técnica de ataques de negação distribuída de serviço, o DDoS (um acrônimo em inglês para Distributed Denial of Service), que consiste em bombardear um servidor com pedidos de acesso para um serviço do site até que ele provoque uma sobrecarga no servidor.

A greve da policia militar na Bahia começou na última terça-feira, dia 31 de janeiro. Desde quarta-feira, 01/02, a violência explodiu na capital, Salvador, e em cidades do interior do Estado. Até o momento foram registrados 93 homicídios na Bahia, de acordo com boletins publicados pela Secretaria de Segurança Pública. Nos seis primeiros dias de greve, o número de homicídios na capital e Região Metropolitana aumentou 129% em comparação ao mesmo período da semana anterior.