Os 5 políticos mais ricos do país, segundo a Forbes

Google terá ‘monopólio’ da mídia no Brasil, diz Paulo Bernardo
4 de fevereiro de 2014
Google muda buscador para evitar possível multa de US$ 5 bilhões
5 de fevereiro de 2014

Os 5 políticos mais ricos do país, segundo a Forbes

5. Paulo Salim Maluf – US$ 33 milhões: O último da lista é um velho – e polêmico – conhecido dos brasileiros. Paulo Salim Maluf (PP-SP), que já atuou como prefeito e governador de São Paulo, tem um patrimônio líquido de 33 milhões de dólares. Sua família é controladora da Eucatex, uma das maiores fornecedoras de materiais para a indústria de construção e móveis do país.
O político foi frequentemente acusado de corrupção durante as suas quatro décadas de vida pública e marca presença também na lista dos procurados da Interpol por acusações de conspiração, furto e propina.
Em 2012, o Tribunal de Jersey cordenou o polítco, ordenando que US$ 32 milhões em seu nome e no nome de seu filho fossem devolvidos ao cofres de São Paulo.

4. Otaviano Olavo Pivetta – US$ 100 milhões: Prefeito de Lucas do Rio Verde, uma pequena cidade do Mato Grosso, Pivetta (PDT- MT) foi eleito para seu segundo mandato em 2012. Durante a campanha foi acusado de compra de votos, mas, posteriormente, foi inocentado de todas as acusações pelo Tribunal Superior Eleitoral. Pivetta é o maior acionista individual na capital aberto Vanguarda Agro, um dos maiores produtores de grãos do Brasil.

3. Marcelo Beltrão de Almeida – US$ 200 milhões: Almeida (PMDB-PR) é herdeiro da CR Almeida, uma das maiores construtoras do Brasil, que foi fundada por seu pai, Cecilio do Rego Almeida. Exerceu dois mandatos como vereador em Curitiba. Deputado federal, atualmente  considera uma candidatura ao senado em 2015. Almeida também tem uma participação na concessionária de rodovias EcoRodovias.

2. Blairo Borges Maggi – US$ 960 milhões: Citado como um dos homens mais poderosos da agricultura no Brasil, Maggi já recebeu o prêmio “Motosserra de Ouro” do Greenpeace, em 2005, quando era governador do Mato Grosso. Hoje,  é senador pelo mesmo estado, e um dos proprietários do Grupo André Maggi, companhia fundada pelo seu pai que é a maior produtora de soja do mundo.

1. Lírio Albino Parisotto – US$ 1,9 bilhão: Segundo a Fobes, o político mais rico do Brasil mantém uma fortuna de 1,9 bilhão de dólares. O gaúcho Parisotto (PMDB-AM) é o segundo suplente do senador Eduardo Braga, do Amazonas, e é um dos maiores investidores no mercado de ações do Brasil. Dono da produtora de vídeo e áudio Videolar, Parisotto teria entrado na política para acabar com a pirataria.