Protesto em Goiânia

Transito
Protesto de caminhoneiros bloqueia faixas da marginal Pinheiros
2 de julho de 2013
eleicoes2008
Entenda o Voto Distrital
3 de julho de 2013

Protesto em Goiânia

protesto Goiania

Manifestantes fizeram um novo protesto, nesta segunda-feira (1º), em Goiânia. Cerca de 400 pessoas, segundo a Polícia Militar, percorreram as ruas da capital para reivindicar melhorias nas áreas de saúde, educação, transporte público, além de exigir reforma política e implantação de ponto biométrico para deputados.

 ato durou mais de quatro horas e foi pacífico na maior parte do tempo, mas houve incidentes. Pelo menos um ônibus e um carro foram apedrejados. No fim do protesto, o clima ficou tenso várias vezes entre manifestantes e policiais, mas não houve confronto. Segundo a PM, 11 jovens  foram levados para o 1º Distrito Policial (DP), entre eles alguns menores, por suspeita de atos de vandalismo e dano ao patrimônio particular.

A concentração começou por volta das 17h, na Praça do Bandeirante, no Centro. Os manifestantes fecharam o cruzamento das avenidas Goiás com Anhanguera. Sem poder seguir viagem, alguns passageiros do Eixo Anhanguera tiveram de descer do ônibus.

Da Praça do Bandeirante, os manifestantes subiram a Av. Goiás em passeata. No cruzamento da Praça Cívica com a Av. 85, os manifestantes sentaram no chão bloqueando o trânsito.

No viaduto na Praça do Ratinho parte do grupo queria ir para a Assembleia Legislativa enquanto outra parte preferia voltar para a Praça Cívica. Por orientação dos organizadores do protesto, os ativistas desceram a Rua 134, no Setor Sul e retornaram para a Av. 85.