A verdade sobre José Genoíno

Mirtesnet – o facebook brasileiro
4 de abril de 2013
North Korea: EUA anunciam que posicionarão bateria antimísseis em Guam
4 de abril de 2013

A verdade sobre José Genoíno

José Genoíno

Abaixo mais um dossiê completo sobre José Genoíno.

José Genoíno Deputado Federal e Titular da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara)

Renunciou à presidência do PT em julho de 2005, por envolvimento em denúncias de corrupção relacionadas ao escândalo do mensalão. Em 30 de março de 2006, foi denunciado pelo Procurador Geral da República ao Supremo Tribunal Federal (STF) como um dos líderes do suposto grupo responsável pelo mensalão. Em agosto de 2007, o STF aceitou a denúncia de Genoíno e outros 11 réus pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha. O deputado, que passou a contar com foro privilegiado em razão da sua eleição como deputado em 2006, começou a ser julgado por formação de quadrilha e corrupção ativa (9x) no STF em agosto de 2012. Foi condenado por corrupção ativa após o voto da Ministra Carmem Lúcia.

Curta Anonymous no Facebook: AnonymousBrasil

  • Crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa

Acusação: como presidente do PT, o ex-deputado avalizou empréstimos bancários considerados fictícios pela Procuradoria-Geral da República, que tinham como objetivo, segundo a denúncia, abastecer o esquema de compra de apoio. Cabia-lhe, de acordo com a acusação, formular as propostas de acordos aos líderes dos partidos que comporiam a base aliada do governo.

Defesa: diz-se inocente; alega que assinou empréstimo bancário, devidamente declarado na prestação de contas do partido, uma vez que formalmente, pelo estatuto do partido, essa era uma função do presidente; que o empréstimo visou sanar o caos financeiro em que se encontravam os diretórios regionais logo após a campanha de 2002; que, após ter sido várias vezes renegociado, o empréstimo foi quitado em um parcelamento iniciado em 2007 e terminado em 2011.

Condenação: 6 anos e 11 meses em regime semi-aberto mais R$468 mil de multa, pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa.

Links dos processo:

http://www.stj.jus.br/webstj/Processo/Justica/detalhe.asp?numreg=201200114879&pv=010000000000&tp=51

http://www.stj.jus.br/webstj/Processo/Justica/detalhe.asp?numreg=201102648099&pv=010000000000&tp=51

José Genoíno

José Genoíno

Informações particulares de José Genoíno obtidas através de portais de políticos do Brasil:

Nome completo: José Genoíno Neto
CPF: 996.068.798-87 *
RG: 4.037.657-6
Data de nascimento: 03/05/1946
Idade ao final de 2010: 64
Município de nascimento: Queixerabim /CE
Nacionalidade: Brasileira Nata
Sexo: Masculino
Estado Civil: Solteiro(A)
Grau de Instrução: Superior Incompleto
Ocupação principal declarada: Deputado

Declaração de bens apresentada à Justiça Eleitoral

Descrição do bem Valor do bem
Casa Na Rua Maestro Carlos Cruz R$ 120.000,00
Banco Do Brasil R$ 4.574,95
Banco Do Brasil Estilo R$ 7.881,85
Reanault Logan R$ 37.900,00
Nossa Caixa R$ 18,00
Valor total dos bens declarados: R$ 170.374,80

Alguns de seus “importantes” gastos de acordo com o site da Câmara:

Para acessar outros meses e gastos, clique aqui:

gastos_genoino

Informações de acordo com o cadastro de seu CPF:

cea11e8f78fdc1153095577289d6401a

De acordo com o site: http://www2.camara.leg.br/comunicacao/institucional/assessoria-de-imprensa/salario-de-deputados os deputados tem sua renda tal como abaixo:

A remuneração mensal do deputado federal é de R$ 26.723,13 (Decreto Legislativo 805/10). De acordo com a Constituição, o valor do subsídio é o mesmo para deputados federais e senadores (art. 49, inciso VII). Atualmente, foram equiparados aos subsídios dos ministros do Supremo Tribunal Federal, presidente e vice-presidente da República e ministros de Estado.

Mais algumas informações sobre nosso titular da “””Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara“””, cujo o cargo foi assumido no dia 7 de março de 2013.

345b5e2a44e956fc91c35c5a8b86d389

Tem mais informações sobre esta pessoa? Então envie um e-mail para [email protected]