Anonymous ataca empresa de segurança dos EUA

Anonymous
Anonymous atacam website do Governo do Bahrein
14 de fevereiro de 2012
NASDAQ
Anonymous derrubam NASDAQ
15 de fevereiro de 2012

Anonymous ataca empresa de segurança dos EUA

Anonymous

WASHINGTON, 14 Fev 2012 (AFP) -O grupo de hackers Anonymous afirmou nesta terça-feira ter bloqueado o site da empresa de sistemas de segurança Combined, acusando-a de fornecer o gás lacrimogêneo utilizado pela polícia durante as manifestações.

O comunicado, que circulava nesta terça-feira nos fóruns utilizados pelo grupo de hackers não pôde ter sua autenticidade confirmada. No entanto, era impossível na terça-feira de manhã acessar o site da empresa com sede nos Estados Unidos. A AFP não conseguiu entrar em contato com a empresa para obter declarações a respeito.

“Vocês, loucos que lucram com os negócios da guerra, vendendo armas químicas aos militares e a policiais de todo o mundo, pensam que sairão ilesos da crescente maré da insurreição?”, disse o comunicado.

“Combined Systems baixe a guarda: perderam este jogo”, acrescentou.

O comunicado publicado na conta do Twitter YourAnonNews, normalmente utilizada pelos hackers, assegura que os piratas se apoderaram dos números de telefone e dos endereços de correio eletrônico dos empregados e clientes da empresa.

Em janeiro, o Anonymous -um grupo global de hackers representado por uma máscara branca com um sorriso sarcástico- bloqueou por várias horas os sites do FBI e do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, em represália pelo fechamento por parte dos Estados Unidos do site de trocas de arquivos Megaupload.

Na sexta-feira passada, o Anonymous assumiu a autoria de um ataque ao site da agência de inteligência americana, a CIA.

Seu método é o mesmo: interromper as operações de um site por excesso de conexões.

No final de 2010, o Anonymous atacou os sites de Amazon, Visa, MasterCard e PayPal devido à decisão dessas empresas de deixar de trabalhar com o Wikileaks.

Comentários

  1. Alan Kenny disse:

    Impressionante: ”Dou razão e toda a colaboração necessária se possível…
    APOIADO!