Anonymous Ataca site do Ministério do Interior britânico

Delta apresentou irregularidades em 60 contratos que somam R$ 632,3 milhões
16 de abril de 2012
Marcha Contra Corrupção – 21 de Abril – Divulgação
18 de abril de 2012

Anonymous Ataca site do Ministério do Interior britânico

O site do Ministério britânico do Interior ficou fora do ar por mais de três horas, por uma ação de protesto dos Anonymous. Segundo a rede estatal do Reino Unido, antes do serviço cair por volta das 20h locais (16h de Brasília), apareceu no portal uma mensagem que dizia: “alto volume de tráfego”. No entanto, uma mensagem no Twitter informava que o bloqueio era um ato de protesto contra os planos do primeiro-ministro David Cameron de permitir o acesso da polícia a e-mails dos cidadãos como medida antiterrorista.

Outra mensagem, supostamente do Anonymous, indicava que a ação repreendia o tratado de extradição entre o Reino Unido e Estados Unidos, criticado por desfavorecer os britânicos. A rede social informava também o bloqueio do site de Downing Street – escritório oficial do primeiro-ministro -, cujo acesso caiu. No entanto, um porta-voz negou qualquer ataque e uma fonte do Ministério do Interior disse que está vigiando a situação.

Os indícios da ação mostram que o Anonymous seria o responsável pelos bloqueios.

Ultimamente, os Anonymous  mudaram um pouco a linha de ação e lançaram ofensivas pelo aumento de controles na internet e políticas de vigilância governamentais. Nesta semana, o Anonymous bloqueou sites da China em protesto ao ferrenho controle do Estado chinês sobre os cidadãos do país.