Anonymous atacam sites do governo dos EUA

Fundador do Megaupload é solto após um mês sob custódia
22 de fevereiro de 2012
Exército dos Estados Unidos Foto USA Army
Anonymous publicam 400 MB de dados do exército norte-americano
22 de fevereiro de 2012

Anonymous atacam sites do governo dos EUA

Anonymous

Entidade de defesa do consumidor afirma que teve páginas comprometidas.
Anonymous diz que ataques são protestos contra o Acta.

Anonymous

Anonymous

 

Anonymous disse nesta sexta-feira (17) que havia conduzido ataques a sites do governo norte-americano em protestos contra um acordo mundial envolvendo os direitos autorais.

O Anonymous disse, em um comunicado postado na internet, que havia atacado os sites do centro para negócios da Federal Trade Commission (entidade que cuidada dos direitos do consumidor nos EUA) e da Semana Nacional de Proteção do Consumidor dos EUA.

A Federal Trade Commission confirmou que seus sites haviam sido comprometidos e que eles só seriam colocados no ar novamente se a vulnerabilidade fosse corrigida. Os dois sites que o Anonymous diz ter atacado não apresentavam mais problemas de acesso no início da noite desta sexta-feira.

Durante os ataques, os endereços foram substituídos por um vídeo em alemão, satirizando o Acta, acordo que quer propor um padrão antipirataria internacional. Muitos ativistas temem que o acordo possa ser usado para perseguir atos como as montagens de vídeos on-line ou os remixes de músicas.

Em seu comunicado, o Anonymous também afirmou ter tido acesso a informações de funcionários da Federal Trade Commission –desde dados bancários a informações em sites de relacionamentos. O acesso a essas informações não foi confirmado.