Fundador do WikiLeaks será candidato ao Senado

Site tira Anonymous-OS do ar após polêmica
17 de março de 2012
Anonymous Brasil – Já haviamos denunciado responsáveis por Blog de Intolerância
26 de março de 2012

Fundador do WikiLeaks será candidato ao Senado

Julian Assange, o fundador do site WikiLeaks, anunciou neste sábado que tem interesse em disputar as eleições para o Senado da Austrália em 2013. Preso sob regime domiciliar no Reino Unido, Assange luta contra um pedido de extradição para a Suécia, onde o governo pretende interrogá-lo sob a acusação de crimes sexuais.

A informação foi divulgada no perfil do WikiLeaks, pelo Twitter. “Descobrimos que é possível que Julian Assange concorra ao Senado australiano mesmo enquanto ainda detido”, afirmou. O grupo ainda informou que tem planos de indicar um candidato para concorrer contra a atual primeira-ministra Julian Gillard em sua terra natal, Lalor, em Victoria.

O estado pelo qual Julian apresentará a sua candidatura ainda não foi anunciado. O governo australiano criticou o WikiLeaks em diversas oportunidades e a primeira-ministra Gillard chamou o fundador do site de “totalmente irresponsável”.

As eleições para o Senado australiano não deverão ocorrer antes do final de 2013. Assange aguarda uma decisão definitiva da justiça britânica sobre uma ordem de prisão emitida contra ele na Suécia em um caso de estupro e agressões sexuais em 2010.