Anonymous – Jeremy Hammond gastou 533 mil € em cartões de crédito roubados

Brasil 2012 - Que vergonha!
Secretaria de Segurança terá R$ 807,8 milhões de gastos em 2012
13 de março de 2012
Ataque em sites de Natal
Ataque a Sites governamentais da cidade de Natal
13 de março de 2012

Anonymous – Jeremy Hammond gastou 533 mil € em cartões de crédito roubados

Jeremy Hammond

Jeremy Hammond, membro do Anonymous, gastou mais de 700 mil dólares (cerca de 533,6 mil euros) com cartões de crédito roubados num ataque no fim do ano passado ao Strattfor, instituto norte-americano de pesquisa e análise geopolítica.

A página mantém um modelo de assinatura e a cobrança é feita predominantemente através de cartão de crédito, disse o FBI (polícia federal americana) durante o julgamento de Hammond.

O ataque do Anonymous foi feito em dezembro de 2011 e eles alegaram ter roubado 200 GB de dados do instituto, incluindo e-mails e informações de cartão de crédito dos clientes. Alguns dias após a invasão ao banco de dados da companhia, a legião publicou 860 mil e-mails e 75 mil de números de cartão de crédito, que não tinham proteção de criptografia.

«Pelo menos 700 mil dólares em operações não autorizadas foram feitas com as contas de cartão de crédito roubadas à Strattfor», disse Milan Patel, do FBI. Os gastos foram realizados entre 6 de dezembro de fevereiro de 2012.

A lista de clientes da Strattfor a que o Anonymous teve acesso inclui grandes companhias e órgãos do Estado norte-americano: as Forças Armadas dos Estados Unidos, a  Aeronática, o Departamento de Defesa, Lockheed Martin (empresa de produtos aeroespaciais) e o Bank of America.

De acordo com Patel, do FBI, a cifra de 700 mil dólares não reflete cobranças de cartões associados ao roubo de dados do Strattfor, cujos registros ainda não foram revistos.

Essas informações foram disponibilizadas pelos Estados Unidos esta semana durante o julgamento de Jeremy Hammond,  um dos detidos  na semana passada por, supostamente, participar doAnonymous.

Hammond foi preso por ataque hacker e conspiração. Caso seja condenado, ele apanhar no máximo 30 anos de prisão.

Segundo a polícia norte-americana, Hammond e outros membros do Anonymous foram delatados pelo antigo líder do grupo, conhecido como Sabu.

A Strattfor pede ainda uma quantia de 2 milhões de dólares pelas perdas causadas pelo ataque hacker e proteção dos dados dos cliente expostos.