Siria, antes e depois

Em nome da ordem, amém!
11 de setembro de 2013
Google se recusa a remover página inicial do Pirate Bay de seus resultados
12 de setembro de 2013

Siria, antes e depois

Quer sentir uma fração mínima do que é estar nos dias hoje na Siria ? Clique no video acima. Mesmo sabendo que estamos do lado de cá da tela, é de arrepiar o tenebroso passeio e os gemidos de um tanque por um bairro residencial de Damasco. O desfecho é tão esperado quanto patético (não há, neste caso, imagens chocantes, apenas ruídos e sugestão de o que é estar lá)… Há uma coleção desses videos tenebrosos no canal do YouTube da Rede Islamica da Siria

O ditador Bashar al-Assad, rapaz de 48 anos, no poder desde o ano 2000, dá continuidade à ditadura que começou com seu pai, Hafez al-Assad em 1971. Seu exército conta com mais de meio milhão de homens, 295 mil soldados e 314 mil reservistas. Estima-se que 100 mil pessoas foram mortas desde março de 2011, quando começou o levante contra al-Assad (ACNUDH- Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos). Até 9 de setembro, já havia mais de 2 milhões de refugiados sírios nos países vizinhos e no Norte da África.

Para quem fica, o pesadelo: mais da metade dos hospitais foram danificados ou destruídos e 37% estão fechados (dados da OMS). Os profissionais de saúde estão fugindo do país e os que permanecem têm muita dificuldade para chegar aos postos de trabalho por causa da insegurança.

No video abaixo, produzido pelo fotógrafo bielorrusso Ruslan Fedotow, vemos a Siria, um dos berços da civilização, palco das cidades mais antigas habitadas continuamente da face da Terra, antes dessa guerra.

Via: Blog do Tas