#Operação mais Pão menos Opressão; saiba como trazer para a sua cidade

Relembre:editorial de O Globo celebra golpe militar de 1964
30 de março de 2013
Prefeitura de Cachoeira Paulista, interior de SP desvia R$ 650 mil da educação
31 de março de 2013

#Operação mais Pão menos Opressão; saiba como trazer para a sua cidade

Aos multiplicadores da ideia anonymous interessados em participar da solidariedade da Operação Mais Pão Menos Opressão em primeiro lugar confiram se já existe um evento marcado ou um grupo de discussão onde moram.

Por questão de organização estamos reunindo os voluntários a articuladores e as criações de grupos nesse grupo: http://www.facebook.com/groups/Op.Alimentos/

Aqueles que NÃO localizaram seus estados e cidades:
Qualquer pessoa pode ser um anônimo. É um evento sem líderes e toda a organização deve ser feita coletivamente sem hierarquias, o fortalecimento depende da capacidade das pessoas delegarem tarefas entre si.

Ao dar o primeiro passo para trazer operação na sua cidade é preciso se comprometer com as etapas de organização como arrecadação mínima que viabiliza a realização do evento e sondagem necessária para definir o ponto ou os pontos de distribuição e organização das filas. 

Para conseguirem se mobilizar levem a iniciativa para os espaços comunitários, entidades, professores, familiares, amigos, colegas de trabalho, torne-se um ativista juntando pessoas por uma causa.

Nós, Anonymous, queremos desmistificar essa crença de que todos moradores de rua estão nessa condição porque querem, pois suspeitamos que existe uma porcentagem muito alta de pessoas que estão nesta vida de rua por causa do nosso sistema opressor e corrupto que nega principalmente educação e saúde. Os cidadãos das camadas menos favorecidas da sociedade, tem poucas alternativas de sair desta condição, pois, com baixa escolaridade e com a saúde debilitada tem grandes chances de cair no mundo das drogas, da prostituição do tráfico e por fim na rua, tornando-se morador de rua ou até mesmo um usuário de drogas que vive na rua.Nós, Anonymous, queremos convidá-los a fazer parte desse sonho que vem se tornando cada vez mais real, o ideal de mudança e de conscientização sociopolítica da sociedade brasileira. Nessa ação buscaremos rever nossos medos e preconceitos em relação a essas pessoas renegadas e oprimidas pelo sistema, e queremos no mínimo tirá-los da invisibilidade social e aproximá-los da sociedade, promovendo a união do grupo e espirito de equipe entre seus participantes.

São Paulo – SP: http://www.facebook.com/events/141858755982080/ABC e Diadema – SP: http://www.facebook.com/groups/398868723544774/

Arujá – SP: http://www.facebook.com/events/505855652809152/?context=create

Campinas – SP: https://www.facebook.com/groups/455622597841661

Piracicaba – SP: https://www.facebook.com/events/137094296476294/?ref=22

Sorocaba – SP: http://www.facebook.com/events/466831150038539/

Artur Nogueira – SP https://www.facebook.com/events/511580238899310/

Lins – SP: http://www.facebook.com/events/237035676443104/

Rio de Janeiro – RJ: https://www.facebook.com/events/642214129125582/?ref=3

Vila Velha – ES: http://www.facebook.com/events/135235249991899

Belo Horizonte – BH: http://www.facebook.com/events/570463809639349/

Salvador – BA: https://www.facebook.com/groups/392609974170595/

Florianópolis – SC: https://www.facebook.com/events/224438417694658/?ref=3

Joinville – SC: http://www.facebook.com/events/232553216883176/233360260135805

Porto Alegre – RS: http://www.facebook.com/groups/427168204042914/

Santana do Livramento – RS: http://www.facebook.com/events/174569136028545/

Anápolis – GO: http://www.facebook.com/groups/151195198380373/

Distrito Federal – DF (Brasília): https://www.facebook.com/groups/496998437002283/

Estrelinha do Mato – PE: https://www.facebook.com/groups/AnonymousST/

Recife – PE: http://www.facebook.com/groups/362274057224203/

Fortaleza – CE: https://www.facebook.com/groups/476676375731508/

Manaus – AM: https://www.facebook.com/groups/433467040061162/

Organize-se você também: #Operação mais Pão menos Opressão: Sondagem e Organização