Política

As empreiteiras investigadas na operação Lava Jato da Polícia Federal doaram quase R$ 98,8 milhões aos dois candidatos à Presidência que chegaram ao segundo turno das eleições, no dia 25 de outubro. A prestação de contas final foi divulgada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na noite desta terça-feira (25).

A presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) foi a que mais recebeu dinheiro das empresa, ao todo de oito construtoras sob investigação: Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, Engevix, Galvão Engenharia, OAS, Odebrecht e Queiroz Galvão. Ao todo foram R$ 64.636.179,25.

As maiores doações foram da Andrade Gutierrez –R$ 21 milhões– e da OAS, que doou R$ 20 milhões.

Já Aécio Neves (PSDB) recebeu pouco mais da metade de seis construtoras: Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, OAS, Odebrecht e Queiroz Galvão. Somadas as doações, foram doados ao candidato R$ 34.170.000. A Andrade Gutierrez foi também a campeã de doações ao tucano, repassando R$ 19 milhões.

Para chegar ao cálculo, a reportagem somou os valores doados diretamente na conta do candidato e aquelas feitas o comitê único financeiro, que também recebem doações. Também considerou doações feitas em nome de empresas subsidiárias das empreiteiras

Ao todo, a campanha de Dilma prestou contas que recebeu R$ 350.836.301,70, com superavit de R$ 261.238,06, que será repassado à direção nacional do PT.

O candidato do PSDB, por sua vez, gastou R$ 223.475.907,21 e arrecadou R$ 222.925.853,17. Um saldo negativo de R$ 550.054,04. De acordo com a legislação eleitoral, as dívidas devem ser assumidas pelos partidos.

Em respostas enviadas ainda no primeiro turno, as direções de PT e PSDB afirmaram que as doações recebidas eram legais, contabilizadas e não haveria qualquer irregularidade. As construtoras também alegaram que é praxe fazer doações a candidatos e também afirmou não haver irregularidades no repasse de dinheiro aos candidatos.
Mais de R$ 200 mi aos partidos

Além das doações diretamente aos candidatos, os partidos também foram contemplados com doações volumosas das empresas investigadas, conforme prestação final de contas dos diretórios nacionais. Ao todos, as construtoras envolvidas no escândalo doaram R$ 207 milhões.

O partido que mais recebeu foi o PT, com R$ 56 milhões doados, seguido pelo PSDB, com R$ 52 milhões; PMDB, com R$ 41 milhões; e PSB, com R$ 13 milhões.

26 de novembro de 2014
cfac317338e231609209e22ef2d09dc9

Empreiteiras da Lava Jato doaram R$ 98,8 mi a campanhas de Dilma e Aécio

As empreiteiras investigadas na operação Lava Jato da Polícia Federal doaram quase R$ 98,8 milhões aos dois candidatos à Presidência que chegaram ao segundo turno das […]
5 de agosto de 2014
senadormariocoutopsdb

Senador que discursa sobre ética, responde a sete processos em 1º Grau

O Senador paraense responde a sete processos em 1º Grau na 8ª Vara Cível da Comarca de Belém. O Senador da República pelo Pará Mario Couto […]
8 de julho de 2014
pmdb

PMDB é o partido com mais deputados eleitos do país

O PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) é um dos maiores partidos do Brasil. Com uma grande representatividade na política, o partido está entre os mais […]
29 de junho de 2014
Dilma-Rousseff-durante-convenção-do-PMDB

PMDB mantém aliança eleitoreira com PT e indica Michel Temer para a Vice-Presidência

Peemedebistas de todo o Brasil aprovaram dia 10/06/2014, na Convenção Nacional do partido, a manutenção da aliança com o PT para a eleição presidencial de outubro próximo. […]
28 de junho de 2014
Marco Feliciano

Marco Feliciano pendurou na folha da Câmara cinco pastores de sua igreja

O deputado Marco Feliciano (PSC-SP) emprega no gabinete cinco pastores de sua igreja evangélica que recebem salários da Câmara sem cumprir expediente em Brasília nem em […]
22 de junho de 2014
mariocoutopsdb

Senador Mario Couto usou empresa fantasma de tapioca para desviar recursos

Num país realmente sério Mário Couto já estaria na cadeia há muito tempo: ele é acusado, entre outras coisas, de envolvimento no desvio de verbas da […]
1 de março de 2014
Joaquim Barbosa

Barbosa recebe Medalha de Aécio Neves

Relator do processo do mensalão, que condenou dirigentes do PT envolvidos no escândalo, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, recebeu neste domingo das mãos […]
27 de fevereiro de 2014
facebook

Justiça do Rio manda Facebook revelar dados de usuário

A Justiça do Rio de Janeiro determinou que o Facebook forneça dados de um usuário que, de forma anônima, usou a rede social para ofender outra […]
27 de fevereiro de 2014
Mônica Leal

Câmara de Porto Alegre aprova proibição de máscara em protesto

Vereadora Mônica Leal usou máscara ao falar de seu projeto de moção de solidariedade à família do cinegrafista da TV Bandeirantes. Vereadores de Porto Alegre aprovaram nesta […]
27 de fevereiro de 2014
monteiro

Com medo de morrer, delator do mensalão do PSDB se diz perseguido

Nilton Monteiro é a principal testemunha contra a cúpula do partido em Minas Gerais. Em 2005, revelou a trama urdida pelos tucanos para desviar dinheiro público […]