A tentativa de expulsar os Índios da Reserva Raposa Serra do Sol, e tribos do centro oeste brasileiro

Mega
Megabox: Site com detalhes superiores do megaupload e serviço de musica com parceria da Amazon
2 de novembro de 2012
O massacre de golfinhos no Japão como atividade lucrativa
4 de novembro de 2012

A tentativa de expulsar os Índios da Reserva Raposa Serra do Sol, e tribos do centro oeste brasileiro

O Mundo está pasmo ante o futuro que se mostra. Coisas novas como a devastação pelo Katrina, o Sandy, ou mesmo o inédito furacão Catarina aqui no Brasil. E daí, e nós com isso?

Pois bem, a culpa de muita coisa nessa mudança da Natureza, também chamada de Mudança Climática, vem aqui do Brasil. Políticos-Agro negocistas, como os vampiros chupa seiva Blairo Maggi, Ronaldo Caiado, e a horrorosa miss devastação Senadora Kátia Abreu. É este trio do apocalipse seguidos de mais alguns malocados, bajuladores, propinados, e comprados da imprensa.

Este trio e os seus seguidores com os bilhões de US$, faturados ilegalmente com a devastação dos biomas brasileiros, e o posterior tráfico nacional-internacional das madeiras abatidas, dos pobres animais capturados, e das amostras biológicas, etc.

Eles compram tudo e todos, desde autoridades de Brasília, funcionários da FEEMA. IBAMA, FUNAI, etc. Assim como a mídia, autoridades dos estados, municípios. Gente da polícia federal, civil, rodoviária, militar…

Por fim, o resultado disso tudo, é o enriquecimento absurdo dos caras do chamado “Agronegócio”, com bilhões sendo enviados para paraísos fiscais, alimentação da máquina da quadrilha, expansão dos negócios, subornos, etc.

Mas, como até mesmo para filhos da pts, aqui se faz aqui se paga, uma parte da coisa está se voltando contra o sistema.

E esta parte é o citado bem no início deste texto. A chamada mãe natureza que de boazinha e otária, não tem nada. Está começando a soltar os cachorros em cima de todos.

Aqui no Brasil onde o trio do apocalipse e seus iguais, já devastaram 25% da Amazônia, -+ 60% do Cerrado, -+ 50% do Pantanal, quase todo o Pampa Gaúcho e a Caatinga, além de 94% da Mata Atlântica.

Este mesmo trio está tentando, novamente, expulsar os Índios da Reserva Raposa Serra do Sol, e, também, tribos do centro oeste brasileiro.

Pra quê? Claro que para desmatar, traficar, e depois vir com o papo-furado de que o Brasil só está enriquecendo por causa do agronegócio.

Os antepassados portugueses, de Kátia Abreu, são os que deixavam cobertores contaminados com malária, nas terras indígenas brasileiras, para dizimar tribos inteiras com esta doença. Os pobres índios donos da terra por direito, não tinham e não têm até hoje, defesa orgânica contra doenças exóticas.

Eles morriam aos milhares.

Hoje este trio do inferno usa jagunços-fazendeiros, órgãos federais, polícias, a justiça, doenças, drogas, bebidas, etc. Para expulsar os poucos Índios que sobraram.

Lembrando ainda, que o homem que fixou as fronteiras brasileiras, Marechal Rondon, citou em sua biografia, que o Brasil seria bem menor. Se as tribos de índios brasileiras não tivessem barrado o avanço dos conquistadores Espanhóis, ao longo de séculos, com muita luta e morticínio em batalhas na selva.

E mesmo assim este trio de chupa seiva ainda quer devastar mais terras indígenas.

A vingança da Natureza parece clara. Secas, fome, doenças, destruição de propriedade. Aqui mesmo no nosso Brasil. Lembrem-se do que vem acontecendo este ano, aonde até os nordestinos que vinha para São Paulo trabalhar na colheita da cana, em janeiro/fevereiro 2013. Já estão quase todos por aqui, antes mesmo da hora de colher.

O Nordeste está com seca recorde, a Amazônia teve duas nos últimos anos, os reservatórios brasileiros estão todos muito vazios, etc.

E pra ferrar mais ainda, a Natureza nesses casos não falha. No final da história, daqui a anos, a região desmatada: central, Amazônica, Pantanal, irá se transformar em região semi-árida. Porque as matas abatidas são justamente quem produziam a chuva.

Ou seja, nem a porra da soja pra fazer ração de gado vai ter, sem chuva, como é que vai ser?

E pra acabar de vez: Como ficarão as grandes cidades brasileiras abastecidas com as ex-águas desses campos desmatados brasileiros?

Tanto é verdade as coisas faladas aqui, que notem a posição brasileira no índice de produção de indústrias, de países emergentes. Anos 2011 & 2012.

O Brasil tem míseros 1,0% de crescimento da produção. Enquanto a Estônia tem 10,0%. O Vietnã 6,0%. O Peru 5,1 %. A Argentina 4,9%, etc.. E por aí segue.

O nosso Brasil “muito bom” está em ridículos 26°, vigésimo sexto lugar, no ranking de países emergentes.

E por quê? Porque fica incentivando a devastação do agronegócio, ao invés da indústria de transformação e tecnologia. Esta sim enriquece um país sem causar devastação.

Ou seja, o Brasil voltou para o tempo do Português colonialista, lá do Cabral.

ROUBAVAM NOSSO OURO, ESMERALDAS, PAU BRASIL, ETC. E não se preocupam com a destruição que fica para trás.

Vamos acordar, ainda da tempo.

Por: @HP Cloud
Membro da Equipe Anonymous Brasil