Antigua é o primeiro país a legalizar pirataria

Instituto Millenium a serviço do golpe
12 de fevereiro de 2013
Exclusivo: entrevista integrantes do Anonymous no Brasil
13 de fevereiro de 2013

Antigua é o primeiro país a legalizar pirataria

Antigua

País criará site com conteúdo norte-americano disponibilizado gratuitamente

Antigua

Antigua

As ilhas caribenhas de Antigua & Barbuda são o primeiro país a legalizar a pirataria. A ação foi permitida pela Organização Mundial do Comércio (OMC) em uma disputa que já acontece há mais de cinco anos.

A autorização foi concedida em Genova e é referente ao conteúdo norte-americano. Com isso, a ideia do governo é criar um portal que ofereça músicas, filmes e outros conteúdos de entretenimento gratuitamente.

Antigua argumenta que os EUA causaram enormes prejuízos em sua economia ao devastar a indústria de jogos de azar com práticas não-competitivas e anos de negociações sem resultados.

“As ações agressivas para encerrar a indústria de jogos de azar fizeram com que milhares de cidadãos perdessem bons empregos e as operadoras de jogos tivessem bilhões de dólares apreendidos pelo governo norte americano”, disse Harold Lovell, ministro da fazenda de Antigua, ao TorrentFreak.

Em resposta, os EUA ameaçou: “Pirataria autorizada pelo governo deve minar as chances de chegar a um acordo que forneça reais benefícios para Antigua. Também deverá funcionar como um obstáculo para investimentos estrangeiros na economia do país, principalmente nas indústrias de tecnologia de ponta”.

A decisão da OMC concede ao governo local plena autorização de distribuição gratuita de conteúdo norte-americano e não considera a ação como ataque aos direitos autorais.