Engenheiros de Harvard criam “inseto robô” do tamanho de uma moeda

Desvio de verba em hospitais de MS
6 de maio de 2013
França declara fim da política de austeridade, mas protestos não param no país
6 de maio de 2013

Engenheiros de Harvard criam “inseto robô” do tamanho de uma moeda

RoboBee pode ser usado, no futuro, para polinização, operações de busca e salvamento, e talvez até em procedimentos médicos.

Engenheiros de Harvard mostram que o futuro está próximo. Um grupo de engenheiros do Instituto Wyss para Engenharia Biologicamente Inspirada da Universidade de Harvard criaram o menor robô do mundo. As informações são do TechHive.com.

robobee

O RoboBee pode voar verticalmente, pairar no ar e continuar com os movimentos igual uma abelha varia no mundo real. O pequeno inseto possui duas asas de que se movem 120 vezes por segundo, e seu corpo é de plástico recoberto com fibra de carbono.

A única desvantagem do robozinho é o fato de precisar ser constantemente carregado para funcionar. O vento também é um problema, dado seu peso leve.

O RoboBee demorou 12 anos para ser completamente desenvolvido – entre concepção e testes. A ideia dos engenheiros é usar o inseto para polinização, por exemplo, ou até mesmo em operações de busca e salvamento, e talvez até em procedimentos médicos.