Google é eleito empresa mais inovadora do mundo

Entidades pedem revisão de texto do Marco Civil da Internet
17 de fevereiro de 2014
Roteadores da Linksys são afetados por vulnerabilidade crítica
17 de fevereiro de 2014

Google é eleito empresa mais inovadora do mundo

Google

Google, Bloomberg Philanthropies e Xiaomi são as três companhias mais inovadoras do mundo, segundo avaliação da Fast Company. Com essa configuração, a revista tirou a Nike do posto principal para botar a gigante de buscas no lugar, sendo que essa última era a 11ª do ranking no ano passado (agora a Nike é a sétima).

Para justificar essa escolha, a Fast Co. listou uma série de inovações promovidas pelo Google ao longo dos últimos meses, como os carros que dirigem sozinhos, o Fiber (rede de alta velocidade em testes nos EUA), os óculos Glass e o assistente pessoal Now.

Em suma, a companhia foi escolhida “por se tornar uma gigante de US$ 350 bilhões que libera quase inovações e marcos demais para se contar”.

Já a Bloomberg Philanthropies distribuiu nada menos que US$ 452 milhões em 2013, o que a torna uma das maiores fundações dos EUA. A diferença entre ela e as outras, diz a Fast Co., está em seus métodos de trabalho.

Michael Boomberg, que está à frente do negócio, lida com soluções com base em análise de dados para identificar prioridades e monitorar processos, fazendo com que a fundação tenha se tornado “extraordinariamente eficaz”.

A Xiaomi teve destaque “por reinventar o modelo de negócios de smartphones no maior mercado móvel do mundo”. Não é pra menos, afinal, a companhia de apenas três anos lançou quatro modelos de aparelho no ano passado e vendeu quase 19 milhões de unidades, um crescimento de 150% em relação a 2012.

Eles chegara a ter um modelo esgotado em menos de dois minutos – isso que foram colocados 100 mil exemplares à venda. Não foi à toa que Hugo Barra, brasileiro que fez seu nome no Google, trocou a gigante de buscas pela Xiaomi.

A lista completa pode ser conferida neste link.