Kickstarter foi hackeado

Mais Médicos tem orçamento de R$ 1,9 bilhão em 2014
15 de fevereiro de 2014
Alemanha e França querem criar uma internet europeia
17 de fevereiro de 2014

Kickstarter foi hackeado

Principal site de financiamento coletivo do mundo, o Kickstarter foi hackeado na semana passada e emitiu um comunicado recomendando que todos os usuários da plataforma troquem suas senhas.

O site foi avisado na quarta-feira, 12, sobre a invasão e já tomou atitudes para impedir a ação dos hackers. Segundo Yancey Strickler, CEO do Kickstarter, nenhuma informação de cartões de crédito foi acessada e não há evidências de que tenha havido alguma atividade não autorizada no serviço.

O que foi acessado por quem atacou o site foram dados gerais dos usuários, incluindo usernames, endereços de e-mail e residencial, números de telefone e as senhas criptografadas.

Como estavam codificadas, as senhas não foram vistas, mas podem vir a ser, caso os hackers tenham poder computacional para isso. Por essa razão Strickler recomendou que sejam trocadas as senhas, não só no Kickstarter, mas em qualquer outro serviço em que sejam usadas.